Os 3 maiores vilões da coluna vertebral

19 de novembro de 2015 | sem comentário | Categoria(s): coluna vertebral

Descubra como os maus hábitos podem influenciar na saúde da sua coluna e como preveni-los

A coluna vertebral precisa sustentar o peso do corpo e ao mesmo tempo ser flexível, e por conta dessas duas funções, ela começa a sofrer degeneração a partir dos 20 anos de idade. Esse é processo natural, mas alguns maus hábitos podem adiantar o desgaste da coluna, gerando inúmeros problemas que geram dores e diminuem a qualidade de vida das pessoas.

Mas quais são esses hábitos e por que eles são os principais vilões da coluna? Confira.

vertebrata - lombalgia

Sedentarismo

A correria do dia a dia muitas vezes serve como desculpa para não fazer exercícios físicos, e se esse é o seu caso, é melhor programar melhor o seu tempo e começar a cuidar da sua saúde. Isso porque o sedentarismo, além de outros malefícios, propicia o aparecimento de problemas na coluna vertebral, como hérnias de disco e desvios posturais, uma vez que os músculos que as sustentam não são fortalecidos.

Praticar caminhada, corrida, natação, dança, balé e musculação são algumas das opções para quem quer ter uma vida mais saudável e diminuir as chances de sofrer com as dores de coluna.

Má postura

A má postura é outra vilã dos problemas de coluna a médio e longo prazo, e merece especial atenção. O cérebro adapta-se a posturas incorretas por um longo período de tempo, e os efeitos podem não ser imediatos e se apresentarem mais tarde, com o avançar da idade.

A má postura acarreta na sobrecarga da cervical, lombar e região dorsal, o que predispõe processos inflamatórios e desgaste nas articulações e discos da coluna.

A correção postural ao longo do tempo é difícil, por isso as crianças devem ser observadas e orientadas desde cedo sobre a forma correta ao sentar durante as aulas na escola, ou em casa, na frente do computador, por exemplo.

Rotina estressante

O stress é uma condição quase unânime na vida moderna, mas se experimentados em níveis altos e constantemente, pode desencadear dores na coluna. O estado de alerta do nosso corpo em situações de estresse nos prepara para fuga, e para isso liberamos substâncias que reduzem a circulação sanguínea. Isso ocasiona dores articulares, na coluna e nos músculos e 25% dos casos são relacionados apenas à rotina estressante.

A alimentação saudável, a prática de exercícios e o acompanhamento psicológico são algumas das formas de diminuir e controlar os efeitos do estresse.

Esses hábitos têm interferência direta na saúde da sua coluna, e evitá-los é uma boa forma de prevenção. Se você já sofre com as consequências deles, procure um acompanhamento médico para que seja feito um diagnóstico e a estratégia de tratamento seja traçada.  

 


Leia também


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz