Câncer na coluna: causas, sintomas e tratamento de tumores

27 de agosto de 2014 | 6 comentários | Categoria(s): coluna vertebral

O câncer na coluna surge da reprodução e crescimento desordenado das células, quando estas se agrupam e formam uma massa sólida.

Tumores originários especificamente da coluna vertebral não são muito comuns. Estima-se que somente 10% dos casos de câncer na coluna originam-se de células nervosas situadas no interior deste órgão. Apesar disso, metástases ósseas (quando o tumor maligno, ou câncer, de outra parte do corpo migra para outro local) não são raras e podem afetar a região.

Os tumores surgem da reprodução e crescimento desordenado das células, quando elas se agrupam e formam uma massa sólida. Eles podem ser benignos, quando são provenientes de crescimento expansivo das células, ou malignos, quando este crescimento tem caráter infiltrativo com destruição dos tecidos (câncer).Tumor na coluna vertebral cancer na coluna

A maior parte dos tumores benignos na coluna vertebral são meningiomas, originados das células que revestem o cérebro e a medula espinhal, e schwannomas, originados das células que envolvem os nervos. Já os malignos são gliomas, que surgem a partir de outras células da medula espinhal, e os sarcomas, que originam dos tecidos conjuntivos da coluna vertebral. Há também as metástases, que são os tipos mais comuns de tumores na coluna vertebral, quando o tumor em algum outro lugar do corpo “viaja” para a coluna – esses tumores são sempre malignos.

Às vezes, os tumores na coluna vertebral são encontrados antes que causem quaisquer sintomas. Eles podem variar conforme o local onde o tumor está e quais os tecidos estão envolvidos. Os mais comuns são: dor nas costas progressiva e implacável, não relacionada à atividade física, bem localizada para o segmento da coluna envolvido e mais grave durante a noite; problemas intestinais ou na bexiga; disfunção sexual; alterações na sensibilidade ou fraqueza muscular dos braços e pernas.

Diagnóstico do câncer na coluna

Para confirmação mais precisa do surgimento de um câncer, é imprescindível contar com a realização de exames de imagem, como raio-X, tomografia e ressonância magnética. Outros exames que também podem ser indicadas para o estadiamento da doença são cintilografia e PET-CT, que serão determinantes para avaliação do estágio do tumor e as indicações terapêuticas.

Tratamentos para câncer na coluna

O tratamento de tumores na coluna varriam de acordo com o tipo de tumor, podendo incluir cirurgia e radioterapia, por exemplo. Tumores benignos podem ser facilmente resolvidos com uma cirurgia ressecção da lesão. Porém em casos de tumores malignos que não respondam a terapias, a cirurgia de reconstrução da coluna é a solução indicada para devolver mobilidade e qualidade de vida ao paciente.

Com o avanço da ciência e técnicas de cirurgia minimamente invasiva da coluna, no dia seguinte o paciente já apresenta um quadro clínico de evolução conseguindo até mesmo caminhar. Mesmo que, de uma forma geral, os tratamentos de câncer na coluna sejam eficazes na maior parte dos casos, cada paciente precisa receber uma avaliação individual.

Lembramos que você nunca deve tirar conclusões ou tentar realizar o diagnóstico e tratamento por conta própria, especialmente quando se trata de algo tão delicado e complexo como tumores na coluna vertebral.

Leia mais em nosso blog mais sobre tumor e outras doenças da coluna.


Leia também

  • Conheça as principais doenças da colunaConheça as principais doenças da coluna Prolemas de saúde como dores nas costas derrubam qualquer pessoa. Conheça algumas principais doenças da coluna. Além da dor, problemas de coluna atrapalham muito as nossas atividades […]
  • Clínica Vertebrata participa da SpineWeek 2012 em AmsterdãClínica Vertebrata participa da SpineWeek 2012 em Amsterdã Tratamento para coluna é um dos temas do evento SpineWeek 2012.Doenças da coluna afetam bilhões de pessoas em todo o mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 2/3 da […]
  • Sintomas e tratamentos para hérnia de discoSintomas e tratamentos para hérnia de disco A hérnia de disco é uma das principais doenças da coluna. Saiba mais sobre as causas e sintomas da hérnia de disco. A hérnia de disco é um problema que acomete boa parte da população. […]
  • Vertebroplastia: cirurgia para fraturas da osteoporoseVertebroplastia: cirurgia para fraturas da osteoporose Entenda como a Vertebroplastia é feita e quais os seus riscos A vertebroplastia é um procedimento minimamente invasivo para tratar fraturas na coluna vertebral, melhorando a dor e […]
  • Hipercifose: o que é e como evitarHipercifose: o que é e como evitar Vulgarmente chamada de corcundez, a hipercifose é definida como um aumento anormal da concavidade posterior da coluna vertebral, sendo as causas mais importantes dessa deformidade, a má […]
  • Causas e sintomas de artrose da colunaCausas e sintomas de artrose da coluna Movimentos repetitivos, má postura, fraturas e danos à cartilagem são as causas que podem desenvolver a artrose da coluna ao longo dos anos.A artrose atinge 15 milhões de pessoas no […]

Deixe um comentário

6 Comentários em "Câncer na coluna: causas, sintomas e tratamento de tumores"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
vera
Visitante

boa tarde sou a vera e tenho uma escolise e burcite e da dores horriveis

MARLI
Visitante

oi.eufui opera eretirada um tomor maligno da mamaisto adoisanosatraz.hoje sinto muita dor na coluna ipo latejando.seformaliguinia e necessario passar por outraquimi espero a resposta.

isaias
Visitante

estou com dor fortes nas costas tipo colica de rim o que pode ser

Daiana
Visitante

Hemogeoma na coluna muita dor estou perdendo os movimento das pernas

José Humberto
Visitante

Estou com minha mãe na cadeira de rodas por causa de um Timor na coluna….ajude-me

carmelita maria de almeida passos
Visitante
carmelita maria de almeida passos

apareceu um tumor na coluna dorsal em uma ressonancia magnetica e o medico informou que pelas caracteristicas é benigno mas que pode causar-me uma paralisia e trata-se de cirurgia de alto risco. Que tratamentos alternativos tenho?
Obrigada,
Carmelita

wpDiscuz