Entorse na coluna é uma das principais causas de dor lombar

7 de Maio de 2018 | sem comentário | Categoria(s): Artigos, coluna vertebral, doenças da coluna, dor na coluna, tratamento dor nas costas, tratamento para coluna

Causado por fatores como obesidade e prática de esportes sem supervisão, é comum o entorse na coluna causar dores lombares. A boa notícia é que pode ser tratado sem medidas invasivas.

A dor nas costas é um dos principais males que afeta a sociedade atual. Dados de 2016, divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), revelam que a dor na coluna lombar é a segunda maior causa de consultas ao médico no mundo, ficando atrás apenas da dor de cabeça.

Apesar de ser comum, a dor lombar pode ser causada por diversos fatores. Por conta disso, ela exige uma minuciosa investigação médica para identificar e sanar a origem.

Entretanto, algumas causas são mais comuns do que outras. É o caso da entorse lombar.

O que é a entorse na coluna lombar?

A coluna, assim como outras estruturas ósseas do corpo, tem ligamentos, responsáveis por unir um ou mais ossos. Os ligamentos são formadas de tecido fibroso e dão segurança e estabilidade. Na coluna, eles unem uma vértebra com a outra fazendo parte do conjunto de estruturas que dão estabilidade e segurança.

Os ligamentos são estáticos, não podem ser contraídos ou movimentados  a partir de um comando. Eles atuam como limitadores dos movimentos, assim como os tendões e os músculos. Quando a movimentação dos ligamentos associados com esforço fazem com que as estruturas fiquem mais susceptíveis às lesões. Alguns motivos podem fazer com que os ligamentos se rompam, ou, até mesmo, desconectem-se totalmente de seus anexos.

Quando isto ocorre com os ligamentos da coluna, há a entorse lombar.

entorse na colunaQuais são os sintomas da entorse?

A dor é o principal sintoma de entorse na coluna lombar. Além da dor lombar, em alguns casos, ela pode ser irradiada para as nádegas. Esta região, por sua vez, pode ficar anormalmente rígida. Dependendo da gravidade de cada caso, a dor pode variar entre leve e insuportável.

Do mesmo modo, a pessoa que sofre um entorse pode sentir um desconforto para manter a postura normal e apresentar espasmos musculares. Em casos extremos, o funcionamento dos intestinos e da bexiga podem ser afetados, o que causa incontinência.

Para caracterizar entorse, estes sintomas devem prevalecer por, no mínimo, 10 dias.

O diagnóstico normalmente é feito por meio de exames de imagem, como raio-x e ressonância magnética. Eles permitem que o médico examine o caso e descarte outras causas comuns de dor na coluna lombar – como a hérnia de disco, por exemplo.

Por que a entorse causa dor lombar?

A dor é sempre um sinal de que algo não vai bem com o corpo. No caso da dor na coluna lombar, ela pode significar que o indivíduo forçou a estrutura acima de sua capacidade e/ou que há algum mal mais grave.

Quando ocorre a entorse, os ligamentos têm seu funcionamento prejudicado. Como eles conectam os ossos e permitem os movimentos articulares, nada mais natural que haja dor quando a pessoa tentar se movimentar, ou, até mesmo, manter a postura reta.

Quais são as causas da entorse?

A entorse lombar normalmente acontece quando o indivíduo faz com que a coluna e seus ligamentos trabalhem muito acima de sua capacidade. Por conta disso, há alguns grupos de risco que estão mais susceptíveis a desenvolvê-la, como:

  • Pessoas obesas: como a coluna vertebral sustenta o corpo, há sobrecarga quando o indivíduo é obeso. Isto, por sua vez, aumenta os riscos de diversos problemas nas costas – inclusive entorses.
  • Pessoas que praticam exercícios físicos pesados sem uma preparação física adequada: quando os ligamentos trabalham acima de sua capacidade (ou seja, sem músculos fortes o suficiente para ajudá-los nos movimentos) eles ficam sobrecarregados. Assim, há maior chance de entorse.
  • Pessoas que não praticam alongamentos regularmente: a prática de alongamentos torna tanto nossos músculos quanto ligamentos mais flexíveis. Assim, há menos risco de lesões e rupturas.
  • Pessoas que carregam mais peso do que o limite aconselhado por médicos e fisioterapeutas: assim como no caso de pessoas obesas, quem carrega muito peso (acima de ⅓ do peso corporal) sobrecarrega os ligamentos ao se movimentar. Assim, há mais risco de entorse.

Há tratamento para a entorse lombar?

Apesar da dor na coluna lombar e dos demais desconfortos causados, a entorse é tratável.

Antes de tudo, o paciente deve repousar durante o tempo indicado pelo médico. Como a coluna já está danificada, é preciso evitar ao máximo sobrecarregá-la novamente durante a recuperação.  O alívio dos sintomas pode ser feito por meio de medicamentos (analgésicos e antiinflamatórios) ou de compressas na região.

Além do descanso, a prática de fisioterapia permite que o paciente fortaleça a região danificada pela entorse e possa movimentar-se sem dor.

Já casos extremos demandam cirurgia. Porém, este são raros: estima-se que 90% dos pacientes com dor na coluna lombar se recuperam sem ela.

 


Leia também


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of