Médicos internacionais e brasileiros se encontram no II Simpósio Internacional de Cirurgia Endoscópica de Coluna

5 de junho de 2017 | sem comentário | Categoria(s): cirurgia da coluna, Hérnia de disco, tratamento para coluna

Evento contou com a participação do Dr. Ailton Moraes da Clínica Vertebrata, que já adota há vários anos o método de cirurgia endoscópica para tratamento de doenças da coluna.

Recentemente, a cidade de São Paulo foi palco do II Simpósio Internacional de Cirurgia Endoscópica de Coluna, que contou com a participação de médicos internacionais e brasileiros, entre eles o Dr. Álvaro Dowling, natural do Chile, e o Dr. Jorge Felipe Ramírez León, da Colômbia. Ambos são considerados referências em cirurgia de coluna não só em seus países de origem, mas também em toda América do Sul e, por isso, foram convidados a palestrar e moderar os debates sobre o tema.

O evento aconteceu no dia 27 de maio de 2017 e foi realizado no auditório do Hospital Samaritano, tendo duração total de 8 horas. Ao todo, foram três módulos divididos entre palestras, cirurgias ao vivo e discussões de casos clínicos, que possibilitaram uma significativa troca de conhecimentos entre especialistas em coluna.

As dores na coluna na população

A realização do II Simpósio Internacional de Cirurgia Endoscópica vem ao encontro de uma realidade incontestável: o número de pessoas que sofrem de doenças na coluna cresce a cada ano.  Conforme indica a Organização Mundial da Saúde (OMS),80% da população mundial já sofreu de alguma dor na coluna, sendo esta a segunda maior causa de visita ao médico – perde apenas para a dor de cabeça.dor nas costas

Os dados ainda demonstram que a dor de coluna é o principal motivo de afastamento do trabalho em pessoas com menos de 45 anos. A razão mais comum é a hérnia de disco, que se caracteriza pelo desposicionamento de um disco vertebral e a consequente compressão de nervos da coluna espinhal. Outras causas para as dores são os traumatismos causados ao pegar excesso de peso; má postura; doenças reumáticas e, mais raramente, os tumores e infecções na coluna.

Cirurgia endoscópica na coluna para hérnia de disco

Muitos problemas que causam dores na coluna podem ser solucionados por meio de cirurgia endoscópica. Trata-se de uma técnica minimamente invasiva em que o cirurgião utiliza um sistema de tubos óticos e um monitor de alta definição para operar o paciente a partir de um único orifício percutâneo.

A hérnia de disco, por exemplo, é uma doença que pode ser tratada com a cirurgia endoscópica. Uma das principais vantagens dessa técnica é que ela não exige anestesia geral e pode ser aplicada a pessoas de qualquer idade e condição física.  As taxas de infecção e hemorragia são baixíssimas e por ser um procedimento ambulatorial, o paciente pode ir embora no mesmo dia.

Técnicas de endoscopia ao vivo

Com o avanço da medicina e da tecnologia cirúrgica, os procedimentos endoscópicos evoluíram para trazer mais praticidade ao cirurgião e mais conforto ao paciente. Esse foi um dos principais enfoques do II Simpósio Internacional de Cirurgia Endoscópica de Coluna, que em seu primeiro módulo apresentou ao vivo, a realização de uma foraminoplastia lombar endoscópica.

Nessa técnica, uma broca é usada para abrir uma abertura na parte óssea (faceta articular) com o objetivo de descomprimir a raiz nervosa de forma indireta e aumentar o acesso para realização da discectomia endoscópica.

O procedimento foi acompanhado pelos participantes, entre eles o Dr. Ailton Moraes, médico especialista em coluna vertebral, membro da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia; Sociedade Brasileira de Coluna; North American Spine Society; Spinal Artroplasty Society, e médico responsável pela Vertebrata, clínica da coluna de Porto Alegre.

Palestras e discussões de casos clínicos

Após a cirurgia ao vivo e um coffee break, o módulo I e II do simpósio continuaram com palestras e debates. Cada tema abordou aspectos específicos da cirurgia endoscópica na coluna, tais como:

  • Anatomia radiológica (RX e RNM) da cirurgia endoscópica da coluna lombar;
  • Diferenças entre o acesso aberto e endoscópico;
  • Por que a “Endoscopia de Coluna” não está no rol da ANS?;
  • Discectomia endoscópica X Microdiscectomia simples para hérnias extrusas lombares;
  • Anestesia para endoscopia de coluna;
  • Indicações e complicações da cirurgia endoscópica de coluna.

Às 13 h, o terceiro módulo iniciou-se com mais uma apresentação ao vivo de uma cirurgia de hérnia discal lombar. A programação seguinte incluiu discussões de casos clínicos e palestras relacionadas a outras técnicas de endoscopia cirúrgica. É importante ressaltar que todos os temas foram abordados por médicos que são autoridades no assunto, de modo que os participantes puderam assimilar conhecimentos absolutamente enriquecedores para suas carreiras.

No encerramento do simpósio, houve o sorteio de estágios de imersão cirúrgica no Chile, Colômbia e Brasil sob a orientação do Dr. Álvaro Dowling, Dr. Jorge Felipe Ramírez León e Dr. João Paulo Bergamaschi, respectivamente.

Cirurgia endoscópica na Clínica Vertebrata

A técnica de endoscopia cirúrgica para tratamentos de patologias na coluna já é praticada há vários anos pelo Dr. Ailton Moraes na Clínica Vertebrata. “Trata-se de um procedimento simples, com pouquíssimos riscos de complicações e altos índices de sucesso, sendo indicado para quadros de hérnia de disco, espondilolistese, artrose ou degeneração facetária, além de fraturas, tumores e deformidades”, comenta Moraes.

Para saber mais informações sobre essa opção de tratamento, leia o nosso artigo “Cirurgia Minimamente Invasiva da Coluna”.


Leia também


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz