Origem da inflamação e dor no nervo ciático indicam causas e definem os tratamentos

30 de junho de 2016 | sem comentário | Categoria(s): dor ciática, nervo ciático

Apurar bem os sintomas e a origem da dor no nervo ciático são essenciais para resolver problemas e definir o diagnóstico o melhor tratamento.

Quem sente queimações, dormência, fisgadas ou falta de sensibilidade acompanhada por uma dor que se irradia para as pernas pode estar sofrendo os efeitos de uma inflamação no nervo ciático.

E os incômodos não são à toa. O nervo ciático é o mais longo do corpo humano e é o responsável pela inervação de toda a musculatura dos membros inferiores, além de controlar as articulações, flexibilidade e força da região lombar, do quadril, joelhos e tornozelos.

Apesar da dor intensa no nervo ciático, a inflamação não é uma doença, mas sim um sintoma de outros problemas de saúde. A degeneração natural dos discos intervertebrais, que evitam o atrito e amortecem o impacto entre uma vértebra e outra pode, com o tempo, inflamar o nervo, mas na maioria das vezes, as hérnias de disco são as principais causadoras das dores ciáticas.

Tratamento para inflamacao e dor no nervo ciatico pode indicar fisioterapia, remédios e ate cirurgia

Os sintomas e tratamentos da inflamação do nervo ciático

As dores ciáticas costumam começar aos poucos, com formigamentos leves no início, seguidos de incômodos semelhantes a pequenas agulhadas que, gradativamente, vão aumentando e se agravam com os movimentos, podendo, nos casos mais graves, comprometer a capacidade motora do paciente, principalmente para andar.

Identificar a origem da dor no nervo ciático é essencial para definir as diretrizes do tratamento, e o diagnóstico é clínico, feito com base no relato dos pacientes.

Para controlar as dores causadas pela inflamação do nervo ciático, é preciso diminuir as atividades em um primeiro momento e depois traçar um plano fisioterápico em conjunto com exercícios que fortaleçam a musculatura das costas, melhorando, assim, a mobilidade.

vertebrata - exercicios para dor no nervo ciatico

Cuidar da saúde também previne as dores no nervo ciático

Sabemos que 80% das pessoas vão passar por algum problema relacionado à coluna no decorrer da sua vida, mas se você quer aumentar as chances de se enquadrar nos outros 20%, é preciso rever os hábitos.

Para evitar as dores desencadeadas pela inflamação do nervo ciático, preste atenção em alguns cuidados que você deve ter:

Atenção para a dieta
O cuidado com a alimentação é a chave para a prevenção de uma série de problemas de saúde, e em relação às dores ciáticas, não é diferente. Ter uma dieta equilibrada e manter um peso ideal é essencial para diminuir a carga na coluna, o que ajuda a evitar as inflamações do nervo ciático.

Manter uma postura correta
Ter atenção à postura significa cuidar da coluna em todos os momentos do seu dia. Observe como você senta no trabalho, carrega peso, abaixa ou inclina-se para pegar um objeto e a posição em que dorme. Todas essas atitudes devem obedecer às boas regras posturais, já que, dessa forma, diminuem as chances de desenvolver maiores problemas na coluna.

Prática de atividades físicas
São inúmeros os benefícios ao adotar a prática de exercícios físicos. Os músculos abdominais e lombares suportam e protegem as articulações da coluna vertebral e, por isso, exercícios que reforçá-los ajudam na cura e prevenção de problemas no nervo ciático. Manter um programa de exercícios aeróbicos ajuda a prevenir e tratar as dores como caminhada, natação e ciclismo.

Tratamento para inflamação no nervo ciático

Se você sentir dores nas pernas, principalmente as que alcançam a região abaixo do joelho, é importante procurar orientação médica para rever o tipo de exercício que está sendo praticado e não permitir que ele agrave a dor no nervo ciático.  Em casos de crise de dor, descansar por alguns dias também é importante para proporcionar alívio. Mas ao contrário do que se pensa, o repouso absoluto não é recomendado. Reduza a atividade nos primeiros dois dias, mas, depois, retome-as lentamente.

Para acalmar os sintomas e tratar a inflamação, também é indicada aplicação de gelo e calor na área com dor. Fisioterapia, acupuntura e RPG também já demonstraram resultados eficazes no tratamento do nervo ciático.

Em alguns casos, dependendo das condições clínicas de cada paciente, o médico poderá receitar analgésicos para dor e anti-inflamatórios de diversos tipos para combater a inflamação.

Em quanto tempo o tratamento do nervo ciático dá resultados?

O tratamento pode levar, em média, de uma a duas semanas para dar resultados. Em alguns casos, entretanto, o tratamento pode demorar até vários meses.

A cirurgia do nervo ciático só é indicada em alguns casos.

A cirurgia é a última opção e só é recomendada para casos que não obtiveram sucesso com tratamentos convencionais à base de exercícios, fisioterapia e medicamentos, entre outros, porém é mais facilmente recomendada quando o membro inferior sofre uma perda significativa da força ou em casos de perda de controle do intestino e/ou bexiga.

 

 


Leia também


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz