Sair da cama pode combater a dor nas costas

20 de agosto de 2015 | sem comentário | Categoria(s): dores nas costas

No caso de dor nas costas, o repouso no leito pode ser útil, especialmente se a pessoa sentir muita dor quando estiver sentada ou de pé. No entanto, é melhor limitar esse repouso a poucas horas de cada vez e por não mais que uns dois dias, pois muito tempo na cama mais prejudica do que beneficia.

Se for preciso ficar na horizontal, deite-se numa cama ou num sofá, em qualquer posição confortável. Para aliviar a tensão nas costas, tente deitar a cabeça num travesseiro e coloque um entre os joelhos quando deitar de lado, embaixo dos joelhos quando deitar de costas ou embaixo dos quadris quanto deitar de frente. Essas posições reduzem a força que a posição sentada ou de pé impõe às costas – especialmente aos discos intervertebrais, ligamentos e músculos.

Melhores posições para deitar

O repouso no leito já não é o tratamento adotado para dor moderada nas costas. Embora minimize a tensão sobre a região lombar, também pode provocar outros problemas. Ficar muito tempo deitado enfraquece os músculos, inclusive os necessários para dar suporte às costas. Algumas pessoas desenvolvem problemas gastrointestinais, como constipação. A inatividade também aumenta as chances de desenvolver coágulos nas veias da pelve e das pernas, o que pode causar dor e danificar a veia afetada. Se parte de um coágulo se rompe, pode acabar se alojando nos pulmões. Isso é embolia pulmonar e pode levar ao óbito.

Porém, há outro bom motivo para limitar o repouso no leito: pesquisas com experimentos bem projetados demonstram que retornar logo à atividade física ou ao trabalho – com algumas restrições ou afazeres leves, se necessário – é preferível ao repouso no leito e a ficar afastado do trabalho por um período mais longo.

Qual é o melhor tipo de colchão para quem sofre de dor na lombar?

Caso você seja como a maioria das pessoas, é provável que passe um terço da vida na cama. Sendo assim vale a pena reservar alguns minutos para pensar se o seu colchão está lhe proporcionando, e às suas costas, o apoio necessário.

Não há muitas pesquisas sobre esse tópico, mas alguns estudos nos oferecem alguma orientação. No passado, os médicos geralmente recomendavam colchões bem firmes, mas um estudo, em que 313 pessoas dormiram num colchão de firmeza média ou firme por três meses, demonstrou que as que usaram os colchões de firmeza média relataram menos dor quando deitadas na cama assim como menos incapacidade relacionada à dor do que aquelas que usaram os colchões firmes. Outro relatório, baseado numa pesquisa realizada em sala de espera com 268 pacientes com dor lombar, descobriu que as pessoas que dormiam em colchões ortopédicos (muito firmes) tinham a pior qualidade de sono, enquanto não havia diferença na qualidade de sono das que dormiam em colchões firmes ou de firmeza média.

Tipos de colchão

Ao mesmo tempo em que um colchão mais macio que se molda às curvas naturais do corpo pode auxiliar o alinhamento favorável das articulações, a pessoa também pode afundar tanto que suas articulações ficam torcidas e acabam doendo durante a noite.

Uma maneira de encontrar o colchão dos seus sonhos é experimentar tipos diferentes. Se você passar uma noite num hotel ou na casa de alguém, observe como se sente depois de dormir na “nova” cama. Você pode também tentar colocar um compensado embaixo do seu colchão atual (que irá amortecer os movimento das molas da cama) ou dormir por algumas noites com o colchão no piso (que simula a sensação de uma cama firme).


Leia também


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz