Se o envelhecimento é inevitável, é possível retardar o processo degenerativo da coluna

3 de fevereiro de 2016 | sem comentário | Categoria(s): dor na coluna

De acordo com a Pesquisa Nacional da Saúde (IBGE), mais de 53% da população faz algum tipo de tratamento para combater dores na coluna, e cerca de 27 milhões de brasileiros adultos são acometidos por doenças crônicas nessa região.

Para agravar ainda mais essa realidade, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a população no mundo inteiro está envelhecendo. Assim, a previsão é que a população idosa vai duplicar até 2050. No Brasil, a expectativa é que o número de pessoas com mais de 60 anos passe dos atuais 12,5% para 30%.

Com o envelhecimento da população, os problemas de saúde relacionados à coluna e todo sistema ósseo de uma forma geral, devem aumentar e acometer boa parte da população. Essa degeneração causa alterações em várias estruturas do corpo, incluindo a coluna vertebral.

envelhecimento da coluna

Como a expectativa de vida das pessoas tem aumentado, é natural que ocorram mais casos de dores e deformidades, mas é bom lembrar que muitos idosos terão alteração em exames sem jamais se queixarem de problemas nas costas.

Se o processo degenerativo do ser humano é natural, por outro lado é influenciado pelo estilo de vida. Embora aconteçam de forma acentuada em pessoas com idade avançada, os problemas na coluna começam no início da vida adulta, principalmente devido à falta de cuidado e negligência à saúde do corpo. Posturas inadequadas, doenças crônicas e lesões acabam “envelhecendo” vértebras e discos antes da hora. Inclusive é possível afirmar que a maioria das dores nas costas aparece como consequência de atitudes posturais incorretas e esforços repetitivos.

Por outro lado, existem medidas para retardar o envelhecimento da coluna e os males que disso decorrem.

Para minimizar e retardar esses problemas é importante mudar hábitos, respeitar os limites e buscar tratamento o mais rápido possível, assim que algum problema surgir.

Para evitar dores e complicações na coluna, é recomendado tomar cuidados como:

  • evitar pegar objetos pesados
  • sentar de maneira correta
  • praticar exercícios físicos regulares
  • intercalar posições sempre que possível alternando entre sentado, deitado e em pé
  • evitar rotações ou torções de coluna

Em caso de dor intensa, procure orientação médica o mais rápido possível, preferencialmente antes da doença se instalar causando os piores incômodos para sua coluna.

Uma vida mais saudável e a busca por tratamento antes do problema se agravar contribui para minimizar as conseqüências inevitáveis do envelhecimento.


Leia também


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz