O que é lesão por radiofrequência?

14 de setembro de 2016 | sem comentário

foto03

Lesão por radiofrequência é um tratamento simples e seguro para degeneração de faceta articular.

Ela é realizada como um procedimento ambulatorial em uma sala de cirurgia através de controle fluoroscópico (raios X) e sedação leve. Utilizando um equipamento especializado de radiofrequência, os ramos terminais de alguns nervos que inervam a faceta articular são lesados por meio de corrente térmica por radiofrequência e dessa forma esse segmento deverá cessar o estímulo doloroso. Dados clínicos indicam que esse método é eficiente para o alívio de dor persistente. Os pacientes podem retomar suas atividades normais, no seu ritmo, após o procedimento.

O que são os nervos das facetas?

Os nervos das facetas são nervos pequenos que se projetam a partir de nervos espinhais maiores que saem da coluna. Esses nervos contêm principalmente informações sensoriais. Os nervos inervam as facetas articulares, ligamentos, pele e pequenos músculos em cada segmento. Esses não são os nervos responsáveis pelo movimento e pela sensação nas extremidades.

Por que as facetas articulares adoecem?

A razão não é muito clara. As facetas articulares são elementos posteriores da coluna vertebral e que têm como função o suporte de carga e estabilizador que previne a rotação excessiva ou o deslizamento para frente dos corpos vertebrais. Pode ocorrer estresse nas facetas articulares por movimentos de elevação e torção repentinos ou repetitivos da parte inferior da coluna ou do pescoço, levando a uma irritação ou lesão. Na população mais idosa, modificações como artrite podem desempenhar um papel importante para o desenvolvimento de síndrome da faceta.

Como é realizada a lesão por radiofrequência?

A lesão por radiofrequência é realizada em uma sala de cirurgia de forma ambulatorial. Você fica deitado de bruços. Serão usadas uma anestesia local e uma leve sedação para diminuir qualquer desconforto durante o procedimento. Sua cooperação é necessária durante o processo de estimulação sensorial e motora para ajudar a posicionar adequadamente o eletrodo que fará a lesão. É utilizado controle fluoroscópico (controle por raios X) para ajudar a garantir um posicionamento seguro e preciso da agulha. Quando a agulha estiver na área-alvo exata, é inserido um microeletrodo pela agulha para iniciar o processo de estimulação. Durante esse processo, seu médico irá perguntar se você sente uma sensação de formigamento. Se houver estimulação até uma extremidade, a agulha é movida para uma localização diferente antes de se realizar a lesão. Quando você sentir a estimulação localmente e a posição dos raios X for aceitável, então a lesão será realizada. Uma pequena quantidade de corrente será transferida do eletrodo para o tecido circunjacente, eliminando os trajetos da dor. O procedimento pode levar cerca de vinte minutos até duas horas. Após o procedimento, você deverá ser acompanhado por alguém até sua casa. Nós aconselhamos os pacientes a ficarem de repouso por aproximadamente um dia após esse procedimento.

Lesão por radiofrequência é dolorosa?

Você poderá sentir algumas sensações desconfortáveis de vez em quando durante a fase de testes. Você receberá uma sedação durante o procedimento e o desconforto será mínimo. Após o procedimento, você poderá sentir alguma sensibilidade na região da injeção por diversos dias. Geralmente o uso de uma bolsa de gelo no primeiro dia controla qualquer desconforto. Ao final da primeira semana, sua dor irá diminuir ou já terá desaparecido completamente.

Será necessário que eu me afaste do trabalho?

Tratamentos por radiofrequência não irão limitar suas atividades diárias. Você deverá retornar às suas atividades normais, incluindo seu trabalho, assim que você se sentir capaz.

Existem riscos ou efeitos colaterais da Lesão por Radiofrquência?

Toda vez que uma agulha atravessar a pele há um risco de infecção. É por isso que esses bloqueios são realizados em condições de esterilidade. Como o procedimento é realizado por meio de controle com raios X e os pacientes permanecem acordados, o risco de danos em nervos maiores é muito pequeno. A estimulação do nervo é realizada antes da realização da lesão, portanto os nervos maiores que suprem as extremidades não são atingidos.

Quem não deve realizar esse procedimento?

Se você estiver usando medicamento anticoagulante (por ex., Coumadin, Plavix), ou se você estiver com alguma infecção ativa, você não deve realizar esse procedimento. Se você não respondeu aos bloqueios anestésicos locais das facetas, você não é um candidato para esse procedimento.

Quais são os benefícios da Lesão por Radiofrequência?

Como o procedimento interrompe a condução do nervo (sinais de dor), em contrapartida ele poderá reduzir sua dor e outros sintomas relacionados. Aproximadamente 70 a 80% dos pacientes terão um bloqueio satisfatório do nervo em questão. Algumas vezes, depois de um nervo ter sido bloqueado, fica claro que há dores também em outras áreas. Seu médico irá determinar sua resposta ao procedimento. Como em qualquer outro procedimento, os riscos, benefícios e alternativas devem ser discutidos. Após o procedimento, seu especialista em coluna irá encaminhá-lo para outras avaliações e recomendações.

Acompane em nosso blog mais informações sobre lesão por radiofrequência e outros assuntos.


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz

O que é lesão por radiofrequência?

21 de junho de 2013 | sem comentário

Lesão por Radiofrequência

Lesão por radiofrequência é um tratamento simples e seguro para degeneração de faceta articular. Ela é realizada como um procedimento ambulatorial em uma sala de cirurgia através de controle fluoroscópico (raios X) e sedação leve. Utilizando um equipamento especializado de radiofrequência, os ramos terminais de alguns nervos que inervam a faceta articular são lesados por meio de corrente térmica por radiofrequência e dessa forma esse segmento deverá cessar o estímulo doloroso. Dados clínicos indicam que esse método é eficiente para o alívio de dor persistente. Os pacientes podem retomar suas atividades normais, no seu ritmo, após o procedimento.

O que são os nervos das facetas?

Os nervos das facetas são nervos pequenos que se projetam a partir de nervos espinhais maiores que saem da coluna. Esses nervos contêm principalmente informações sensoriais. Os nervos inervam as facetas articulares, ligamentos, pele e pequenos músculos em cada segmento. Esses não são os nervos responsáveis pelo movimento e pela sensação nas extremidades.

Por que as facetas articulares adoecem?

A razão não é muito clara. As facetas articulares são elementos posteriores da coluna vertebral e que têm como função o suporte de carga e estabilizador que previne a rotação excessiva ou o deslizamento para frente dos corpos vertebrais. Pode ocorrer estresse nas facetas articulares por movimentos de elevação e torção repentinos ou repetitivos da parte inferior da coluna ou do pescoço, levando a uma irritação ou lesão. Na população mais idosa, modificações como artrite podem desempenhar um papel importante para o desenvolvimento de síndrome da faceta.

Como é realizado o procedimento?

A lesão por radiofrequência é realizada em uma sala de cirurgia de forma ambulatorial. Você fica deitado de bruços. Serão usadas uma anestesia local e uma leve sedação para diminuir qualquer desconforto durante o procedimento. Sua cooperação é necessária durante o processo de estimulação sensorial e motora para ajudar a posicionar adequadamente o eletrodo que fará a lesão. É utilizado controle fluoroscópico (controle por raios X) para ajudar a garantir um posicionamento seguro e preciso da agulha. Quando a agulha estiver na área-alvo exata, é inserido um microeletrodo pela agulha para iniciar o processo de estimulação. Durante esse processo, seu médico irá perguntar se você sente uma sensação de formigamento. Se houver estimulação até uma extremidade, a agulha é movida para uma localização diferente antes de se realizar a lesão. Quando você sentir a estimulação localmente e a posição dos raios X for aceitável, então a lesão será realizada. Uma pequena quantidade de corrente será transferida do eletrodo para o tecido circunjacente, eliminando os trajetos da dor. O procedimento pode levar cerca de vinte minutos até duas horas. Após o procedimento, você deverá ser acompanhado por alguém até sua casa. Nós aconselhamos os pacientes a ficarem de repouso por aproximadamente um dia após esse procedimento.

O procedimento é doloroso?

Você poderá sentir algumas sensações desconfortáveis de vez em quando durante a fase de testes. Você receberá uma sedação durante o procedimento e o desconforto será mínimo. Após o procedimento, você poderá sentir alguma sensibilidade na região da injeção por diversos dias. Geralmente o uso de uma bolsa de gelo no primeiro dia controla qualquer desconforto. Ao final da primeira semana, sua dor irá diminuir ou já terá desaparecido completamente.

Será necessário que eu me afaste do trabalho?

Tratamentos por radiofrequência não irão limitar suas atividades diárias. Você deverá retornar às suas atividades normais, incluindo seu trabalho, assim que você se sentir capaz.

Existem riscos ou efeitos colaterais desse procedimento?

Toda vez que uma agulha atravessar a pele há um risco de infecção. É por isso que esses bloqueios são realizados em condições de esterilidade. Como o procedimento é realizado por meio de controle com raios X e os pacientes permanecem acordados, o risco de danos em nervos maiores é muito pequeno. A estimulação do nervo é realizada antes da realização da lesão, portanto os nervos maiores que suprem as extremidades não são atingidos.

Quem não deve realizar esse procedimento?

Se você estiver usando medicamento anticoagulante (por ex., Coumadin, Plavix), ou se você estiver com alguma infecção ativa, você não deve realizar esse procedimento. Se você não respondeu aos bloqueios anestésicos locais das facetas, você não é um candidato para esse procedimento.

Quais são os benefícios da Lesão por Radiofrequência?

Como o procedimento interrompe a condução do nervo (sinais de dor), em contrapartida ele poderá reduzir sua dor e outros sintomas relacionados. Aproximadamente 70 a 80% dos pacientes terão um bloqueio satisfatório do nervo em questão. Algumas vezes, depois de um nervo ter sido bloqueado, fica claro que há dores também em outras áreas. Seu médico irá determinar sua resposta ao procedimento. Como em qualquer outro procedimento, os riscos, benefícios e alternativas devem ser discutidos. Após o procedimento, seu especialista em coluna irá encaminhá-lo para outras avaliações e recomendações.


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz