O que é osteoporose, quais as causas e como prevenir?

14 de setembro de 2016 | sem comentário

O que é osteoporose e quais as causas da osteoporose e tratamentosA osteoporose é uma doença óssea bastante grave que atinge principalmente as mulheres.

Você pode nem saber que sofre da doença até a hora em que quebra um osso, o que significa que já se encontra em estado avançado.

Se você dividir a palavra osteoporose em suas raízes, você terá osteo e poros: osteo quer dizer osso, e poros pode ser traduzido como poroso (esburacado). Até mesmo ossos sadios têm buracos como parte de seu intrincado design de colmeia. Ossos afetados pela osteoporose, no entanto, têm buracos maiores, o que os torna mais fracos e suscetíveis a quebras.

Qualquer osso pode ser afetado pela osteoporose, mas fraturas ósseas da coluna – as vértebras – são particularmente preocupantes. Uma lesão na coluna pode causar severa dor nas costas, podendo inclusive levar à deformidade vertebral, uma vez que a coluna enfraquece e tem dificuldade de carregar o próprio peso. É possível notar que a região superior das costas começa a curvar-se, fazendo com que você também se incline para frente. A osteoporose também pode fazer com que você fique mais baixo, já que seus ossos não serão mais tão fortes nem darão tanto apoio quanto costumavam.

A osteoporose é vista com mais frequência em pessoas idosas, mas pode ocorrer em pessoas mais jovens também.

Mulheres, especialmente aquelas que passaram da menopausa, são mais suscetíveis a desenvolver osteoporose; o que também não significa que homens não possam sofrer disso. Estima-se que 80% dos americanos com osteoporose sejam mulheres – ou seja, há 2 milhões de homens vivendo com osteoporose. Apesar da maior incidência entre as mulheres, é preciso que os homens não subestimem o risco da osteoporose.

Prevenção da Osteoporose

O mais impressionante acerca da osteoporose é que pode ser prevenida. Se você tem riscos de desenvolver osteoporose (testes podem ser feitos para descobrir isso), há escolhas e mudanças que podem ser feitas para manter seus ossos fortes e saudáveis através dos anos. Cuide da sua dieta para garantir que você está ingerindo quantidades suficientes de cálcio e vitamina D. Também é importante exercitar-se regularmente, fazendo suporte de peso e exercícios de fortalecimento. Outros padrões de vida, como fumar ou beber quantidades excessivas de álcool, podem afetar os seus ossos mais do que você imagina.

Você Tem Riscos de Osteoporose?

Osteoporose é uma doença óssea que vai roubando a força dos ossos (sua massa ou densidade) silenciosamente. Algumas pessoas nunca descobrem que têm osteoporose até que seus médicos encontrem uma fratura óssea, frequentemente na coluna, no pulso ou no quadril. Todas essas fraturas são dolorosas e podem tornar o membro inútil. Lesões na coluna podem também levar à perda de altura e à postura inclinada. A boa notícia é que a osteoporose pode ser prevenida e até controlada! É saudável conversar com seu médico acerca da possibilidade de desenvolver osteoporose. Para ajudá-lo a tocar no assunto com seu médico, siga os passos abaixo.

Passo 1: Identificando os Riscos 

Vários fatores de risco que podem levar à osteoporose estão listados abaixo. Aproveite para imprimir a página e destacar os fatores que se aplicam a você.

Homens e mulheres com 40 anos de idade ou mais (verifique as afirmações que se aplicam a você):

1. Eu tive uma fratura enquanto adulto.
2. Minha família tem histórico de osteoporose (hereditário).
3. Eu sou caucasiano ou asiático.
4. Eu sou magro, frágil, e/ou franzino.
5. Eu não me exercito regularmente.
6. Eu sou fumante.
7. Eu bebo álcool pelo menos três vezes por semana e, às vezes, eu bebo muito de uma só vez.
8. Minha dieta não inclui muito cálcio (i.e. laticínios) ou vitamina D (i.e. queijo, gema).
9. Eu tenho/tive distúrbios alimentares (i.e. anorexia nervosa) e/ou ocasionalmente uma “dieta intensiva”.
10. Já tive de tomar corticosteroides e/ou anticonvulsivos.
11. Tenho sentido dificuldade de me estabilizar quando em pé e, ocasionalmente, caio.
12. Mulheres apenas: eu tenho 45 anos ou menos e estou entrando na menopausa, OU eu tenho 50 anos ou mais e estou na pós-menopausa.
13. Homens apenas: fui diagnosticado com níveis baixos de testosterona.

Passo 2: revisando a lista com seu médico 

Leve a lista acima para a consulta com seu médico. Após discutirem as respostas, ele pode recomendar um teste de densitometria óssea. Esse teste é indolor, razoavelmente rápido, e pode ajudar o médico a diagnosticar ou prever a osteoporose. Ao revisar os resultados do seu teste, você e o médico poderão discutir e chegar a um acordo sobre a melhor maneira de prevenir, ou o melhor plano de tratamento.

Lembre-se, osteoporose é uma doença que pode ser perfeitamente prevenida. Tente entender seus riscos de osteoporose hoje, e daqui a 20 anos você vai se agradecer!

Acompanhe em nosso blog mais informações sobre osteoporose e outros assuntos.

 


Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz