Ciática: o inimigo número um do seu bem-estar tem solução!

15 de junho de 2024 | sem comentário | Categoria(s): Sem categoria

A ciática se manifesta como uma dor que se desenvolve na parte posterior da coxa, unilateral ou bilateralmente, e se estende além do joelho ao longo do nervo ciático. Pode haver também sintomas como fraqueza, dormência ou formigamento na perna.

O que é o nervo ciático?

O nervo ciático é o nervo mais longo do corpo humano, conectando a região lombar ao hálux (dedão do pé). A ciática é mais um sintoma do que uma doença em si e pode estar associada a várias condições que afetam a coluna vertebral, quadril, joelhos ou outras doenças sistêmicas.

Causas da Ciática

A ciática é causada por lesão ou compressão do nervo ciático, com possíveis causas incluindo:

  • Hérnia de disco: Luxação ou inflamação do disco.
  • Síndrome do músculo piriforme: Compressão do nervo pelo músculo piriforme.
  • Lesão pélvica ou fratura: Traumas na região pélvica.
  • Tumores ou diabetes mellitus: Outras condições médicas que afetam o nervo.
  • Infecções virais: Como herpes ou varicela.

Fatores de Risco para Ciática

  1. Idade: Alterações na coluna vertebral, como desgaste e hérnia de disco, são mais comuns com o envelhecimento.
  2. Obesidade: O excesso de peso aumenta a pressão sobre a coluna lombar, causando danos.
  3. Atividade Profissional: Trabalhos que envolvem levantamento de peso, movimento das costas ou longas horas sentado podem contribuir para dores nas costas.
  4. Falta de Atividade Física: Vida sedentária pode fragilizar a coluna, aumentando o risco de problemas no nervo ciático.
  5. Diabetes: Pode danificar os nervos periféricos e sensibilizar o nervo ciático, causando dor e formigamento.

Sintomas da Ciática

A ciática se caracteriza principalmente pela dor. Esta pode variar de um leve formigamento a uma dor intensa e incapacitante. Os sintomas incluem:

  • Dor unilateral que se estende da parte inferior das costas até a perna.
  • Dormência ou fraqueza na perna.
  • Dor que piora ao se levantar, sentar, tossir, espirrar ou rir.
  • Piora da dor à noite ou após caminhar.

Diagnóstico da Ciática

Para diagnosticar a ciática, o médico:

  • Ouve o histórico médico do paciente.
  • Realiza um exame físico.
  • Pode solicitar exames de imagem como radiografia, ressonância magnética ou tomografia computadorizada.

Tratamento da Ciática

O tratamento da ciática visa aliviar os sintomas e tratar a causa subjacente. As opções de tratamento incluem:

  • Aplicação de calor ou gelo: Para reduzir a inflamação.
  • Analgésicos e anti-inflamatórios: Medicamentos para alívio da dor e inflamação.
  • Fisioterapia: Exercícios para fortalecer o abdômen e melhorar a mobilidade da coluna vertebral.
  • Cirurgia: Em casos graves, quando outros tratamentos não são eficazes.

Qualidade de Vida e Prevenção

Para prevenir a ciática e melhorar a qualidade de vida:

  • Evite ficar sentado ou deitado por longos períodos.
  • Levante-se e mova-se regularmente, especialmente no trabalho.
  • Mantenha uma boa postura.
  • Pratique exercícios regularmente.

Quando Procurar Atendimento Médico

Procure atendimento médico se:

  • Sentir dor intensa e incapacitante.
  • Houver fraqueza nas pernas ou perda de controle do intestino e bexiga.
  • Os sintomas persistirem por mais de um mês.

 


Leia também