Benefícios das técnicas minimamente invasivas para idosos

12 de outubro de 2021 | sem comentário | Categoria(s): cirurgia da coluna

Os riscos são inerentes a qualquer tipo de cirurgia de coluna, principalmente as operações convencionais. Felizmente, a evolução da medicina é contínua, e hoje já há métodos de cirurgia de coluna minimamente invasiva que reduzem as intercorrências, como hemorragias e infecções, durante e após o procedimento.

Em casos de operações complexas, as cirurgias de coluna por meio de métodos menos invasivos, garantem maior segurança durante o procedimento e um pós-operatório mais tranquilo ao paciente.

A cirurgia de coluna minimamente invasiva proporciona muitos benefícios. É indicada, principalmente, para casos de hérnia de disco, pacientes com osteófitos, popularmente conhecidos como “bico de papagaio”, ou estenose da coluna (compressão da medula espinhal).

A cirurgia só é indicada quando as terapias convencionais não surtem efeito, as doenças continuam progredindo e prejudicando a qualidade de vida do paciente, ao ponto de limitar a movimentação do corpo.

 

Vantagens da cirurgia de coluna minimamente invasiva

  • Menor risco de sangramento: a cirurgia de coluna minimamente invasiva é uma cirurgia endoscópica, ou seja, para realizar o procedimento, o médico só precisa fazer pequenas incisões na área que será operada. Com incisões menores, diminui-se o risco de hemorragia.
  • Menor risco de infecções: ao contrário da cirurgia convencional, com cortes maiores, a cirurgia endoscópica proporciona mais segurança contra infecções hospitalares, pois as incisões são mínimas.
  • Dispensa de anestesia geral em alguns casos: a cirurgia endoscópica pode ser feita somente sob o efeito de anestesia local e sedação. Isso também ajuda a reduzir o tempo de internação do paciente.
  • Menor tempo de internação: a permanência do paciente é mais curta, em comparação com a cirurgia convencional. Uma operação endoscópica para tratar hérnia de disco pode levar menos de uma hora. No mesmo dia, o paciente poderá receber alta hospitalar em casos selecionados.
  • Pós-operatório com menos dor: a recuperação do paciente é muito mais rápida com a cirurgia de coluna minimamente invasiva. No pós-operatório, a dor é mais branda, sendo que algumas pessoas nem sentem esse desconforto. Em pouco tempo, o paciente poderá retomar as atividades rotineiras, desde que não exijam muito esforço físico.

 

A cirurgia endoscópica é indicada para todos os problemas de coluna?

Não. Algumas doenças da coluna só podem ser tratadas, com eficácia, por meio da cirurgia convencional. Esses procedimentos também evoluíram muito, o que garante mais segurança às operações de coluna. Os avanços científicos e tecnológicos possibilitam a realização de cirurgias convencionais mais rápidas e seguras.

 

Como prevenir as doenças de coluna?

  • Corrija a postura
  • Evite levantar pesos
  • Vença o sedentarismo
  • Controle o peso do corpo
  • Pratique exercícios físicos
  • Faça alongamento, antes de atividades físicas
  • Use travesseiros e colchão adequados
  • Use calçados confortáveis

 

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre esse assunto.

Médico neurocirurgião especialista em tratamentos da coluna vertebral, é membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Academia Brasileira de Neurocirurgia e Sociedade Brasileira de Coluna, bem como da North American Spine Society e Spinal Artroplasty Society.


Leia também