Dores nas costas da população atual acompanha o uso das novas tecnologias

13 de maio de 2015 | 1 comentário | Categoria(s): dores nas costas, tratamento dor nas costas

Estudos comprovam que o problema de dores nas costas na população atual está ligado à má postura que normalmente acompanha o uso das novas tecnologias

Além dos problemas de sedentarismo, má postura, obesidade e o fumo como principais causas das dores nas costas,  muitas pessoas passaram a trocar a atividade esportiva pelos computadores, empresários trocaram seus escritórios pelo o home Office e ficam mais tempo ligados as suas rotinas de trabalho em frente ao computador.

O uso crescente dos smartphones, notebooks, tablets e a má postura ao utilizá-los têm o potencial de colocar um estresse significativo no pescoço e ombros, levando à dor por alteração postural e associação a dores de cabeça.

Por conseqüência a sociedade vem ficando cada vez mais tempo sentada, o que gera problemas de sobrecarga na coluna, principalmente quando não sentam corretamente.

Confira alguns métodos capazes de prevenir  e evitar  dores que possam se tornar agudas ou  crônicas de maneira rápida:

Smartphones: Evite curvar o pescoço para visualizar a tela. Não flexione demais os braços ou os ombros.Com o uso contínuo, os músculos do braço, nuca, ombros e a coluna vertebral podem sofrer lesões graves.

f73c176bb3eb2e44df3a56c6d05f17ed

Tablets: Evite apoiá-lo no colo. A tendência é de que o usuário se curve para ter uma visão clara da tela, prejudicando assim os músculos da nuca e ombro e tencionando a coluna vertebral.

postura

Notebooks: Sentar-se em uma cadeira sem encosto não é o ideal, mas funciona para atividades rápidas. Ainda assim é importante que o usuário fique atento à postura ereta, mantenha os braços perpendiculares ao corpo e os pés totalmente encostados no chão, mesmo que para isso necessite de um apoio.

postura-correta

Faça exercícios diariamente e pratique alongamentos em intervalos de 40 minutos sempre que possível. Se as dores ainda forem recorrentes, busque um médico especializado para orientá-lo sobre métodos de tratamentos para correção postural e diminuição das dores nas costas.

Médico neurocirurgião especialista em tratamentos da coluna vertebral, é membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Academia Brasileira de Neurocirurgia e Sociedade Brasileira de Coluna, bem como da North American Spine Society e Spinal Artroplasty Society.


Leia também

  • Como tratamentos minimamente invasivos endoscópicos podem ajudar minha coluna?Como tratamentos minimamente invasivos endoscópicos podem ajudar minha coluna? Você sabia que os procedimentos minimamente invasivos endoscópica minimizam os danos nos tecidos ao redor da área a ser operada e fornecem ao paciente a melhor recuperação possível? Essas […]
  • Como melhorar a saúde da sua coluna?Como melhorar a saúde da sua coluna? Você já teve alguma dor nas costas leve por vários meses? E um dia, depois de várias horas sentado no escritório, de repente, uma forte pontada na região lombar o deixou incapaz de […]
  • Estou acordando com dores nas costas. O que isso significa?Estou acordando com dores nas costas. O que isso significa? Você sente uma forte dor lombar toda vez que levanta pela manhã? A sua dor nas costas o impede de dormir bem? Uma das sensações mais desagradáveis é aquela dor nas costas matinal que pode […]
  • Escoliose durante a gestação: quais os cuidados?Escoliose durante a gestação: quais os cuidados? A escoliose é um distúrbio que causa uma curva anormal da coluna vertebral, o que faz com que ela se incline para um lado. Essa curvatura pode estar em qualquer parte da coluna, embora […]
  • Hábitos para uma boa posturaHábitos para uma boa postura A higiene postural consiste em posicionar o corpo de forma adequada para proteger a coluna vertebral,  evitar sobrecarregá-la e prevenir possíveis lesões. Muitas vezes, os maus hábitos nos […]
  • Dores nas costas em criançasDores nas costas em crianças A dor nas costas é bastante comum em crianças, principalmente em idade escolar e adolescência. E isso pode ocorrer provavelmente porque passam muito tempo sentadas em más posturas, […]

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *