Dor na coluna: quando buscar ajuda?

11 de agosto de 2021 | sem comentário | Categoria(s): coluna vertebral

Se a dor nas costas estiver associada a algum dos seguintes sintomas, não deixe de procurar um médico especialista em coluna.

 

Trauma

Se sofreu uma queda de altura ou um acidente e está com dores na coluna. O ideal é procurar um pronto socorro para realização de exames e excluir uma possível fratura, pois caso se comprove, o início do tratamento deverá ser o mais precoce possível evitando possíveis sequelas.

 

Dormência e/ou formigamento nas pernas e braços

Se sente dormência ou formigamento nas pernas, glúteos, pés (membros inferiores) ou nos braços e mãos (membros superiores), é importante buscar ajuda médica, pois podem ser sintomas de hérnia de disco ou estenose do canal. Estas duas condições podem causar compressão nervosa e se não forem tratadas, os danos nervosos podem levar a deficiências permanentes.

 

Perda de força

Se sentir perda de força e dificuldades para movimentar o braço, a perna e pé acompanhado de dor na coluna, busque um médico imediatamente. A perda de força pode estar relacionada com a compressão dos nervos da coluna, devido a uma hérnia de disco, estreitamento do canal vertebral, tumor, dentre outros.

 

Dor há mais de 4 semanas

Como 90% dos casos de dor nas costas melhoram dentro de 4 semanas, se sua dor persistir, busque um médico para avaliar qual origem do seu problema e indicar o melhor tratamento para a dor na coluna. Não deixe que a dor se torne crônica, quanto antes iniciar o tratamento, mais rápido poderá retornar as atividades e melhor será sua qualidade de vida.

 

Perda da função intestinal ou da bexiga

A dor nas costas associada à perda do controle intestinal ou da bexiga pode ser sinal de uma condição rara e séria, chamada Síndrome da Cauda Equina, na qual as raízes nervosas da extremidade inferior da medula espinhal sofreram uma compressão grave e ficaram paralisadas. Isso pode acontecer como resultado de hérnia de disco, fratura, tumor, estenose do canal ou trauma na coluna vertebral. Os sintomas podem se desenvolver ao longo do tempo e incluem dormência e fraqueza nas pernas. A Síndrome da Cauda Equina é uma emergência médica e requer atenção imediata.

 

Febre

Febre acompanhada de dor nas costas pode ser um sinal de infecção na coluna principalmente se passou recentemente por algum tipo de intervenção. Procure um médico para avaliar o seu quadro. Caso seja uma infecção, deve ser identificado a bactéria (biópsia) e antibióticos devem ser prescritos, condição que deve ser tratado precocemente.

 

Antecedente de câncer, sistema imunológico suprimido, osteoporose ou uso crônico de corticoide

Busque ajuda médica caso tenha qualquer uma dessas patologias acompanhadas de dor nas costas.

 

Dor noturna

Fortes dores nas costas à noite ao deitar-se na cama e ao dormir, ou seja, em repouso não devem ser ignoradas. Marque uma consulta médica para avaliar o seu caso e indicar o melhor tratamento para dor na coluna.

 

Perda inexplicável de peso

Em caso de perda de peso inesperada e inexplicável, acompanhada de dor nas costas, procure um médico para descartar infecções e tumores como possíveis causas de dor nas costas.

 

Idade avançada

Pessoas acima de 70 anos possuem risco aumentado de infecção, tumores e fraturas espontâneas por osteoporose como causas de dor na coluna.

 

Médico neurocirurgião especialista em tratamentos da coluna vertebral, é membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Academia Brasileira de Neurocirurgia e Sociedade Brasileira de Coluna, bem como da North American Spine Society e Spinal Artroplasty Society.


Leia também