Cirurgia minimamente invasiva pode ser a solução para tratamento definitivo de dores nas costas

22 de julho de 2014 | 3 comentários | Categoria(s): coluna cervical, coluna lombar, dor na coluna, dores nas costas, tratamento dor nas costas

Resultado de avanço na tecnologia, a cirurgia minimamente invasiva, em especial a discectomia percutânea, pode ser a solução para o tratamento de dor nas costas.

Em algum momento de sua vida você já sentiu dores nas costas. E, se não, possivelmente vai sentir. Isso porque 90% da população, em determinada fase da vida adulta, apresentam problemas nas costas. A situação, é claro, tira a paz e a tranquilidade de qualquer um, transformando as atividades rotineiras em verdadeiros pesadelos: são noites sem dormir, baixa produtividade no trabalho, dificuldade para praticar esportes.

tratamento dor nas costasCausas da dor nas costas

A dor nas costas pode ser causada por diversos fatores, como mudança da rotina, troca de colchão, atividades físicas, má postura. Muitas vezes descontinuar o problema que provoca o mal estar já soluciona o problema, como por exemplo trocar o colchão ou adotar posturas corretas. Em outros casos, a dor nas costas ou lombalgia, como é cientificamente chamada, pode ser causada por fatores biológicos, como doenças degenerativas, traumas ou ainda estarem associadas à presença de hérnia de disco.

Felizmente, a maioria dos casos pode ser resolvida com repouso, medicamentos e fisioterapia. Mas se você faz parte dos 10% restantes – portadores de lombalgia crônica ou pessoas que precisam se submeter à cirurgia – não se preocupe. A cirurgia minimamente invasiva chega como alívio e solução para o seu caso.

O que é cirurgia minimamente invasiva?

Como o próprio nome diz, é um tipo de cirurgia cujo procedimento oferece o mínimo de agressão ao organismo. Graças a recursos tecnológicos avançados, a cirurgia minimamente invasiva é realizada por meio de pequenas incisões, necessitando pouquíssimos cortes. Trata-se de intervenções modernas, indicadas para quase todas as partes do corpo humano, em especial as mais sensíveis. No caso das costas, ou região cervical, a mais indicada é a discectomia percutânea.

Quando a cirurgia minimamente invasiva é indicada?

• Doença degenerativa do disco

• Hérnia de disco

• Protrusão discal sintomática e ciática

Cirurgia minimamente invasiva para tratamento dor nas costas

Além de diminuir a dor nas costas a cirurgia minimamente invasiva tem outros benefícios

Como o trauma de pele e músculos é reduzido, o paciente vai sentir menos dor no período pós-operatório, podendo rapidamente se levantar da cama e caminhar poucas horas depois da cirurgia.

A mobilização precoce facilita o retorno do funcionamento intestinal normal, previne a trombose venosa nos membros inferiores e favorece a recuperação mais rápida.

• Tempo de recuperação acelerada
• Pode ser realizada com anestesia local
• Sem perda sanguínea
• Dor pós-operatória praticamente inexistente
• Baixo risco de infecção
• Maior mobilidade pós-operatória
• Cicatrizes minimizadas (em caso de discectomia percutânea menor que meio centímetro).

Devido à reduzida exposição dos tecidos, manobras mais delicadas e menor tempo de permanência hospitalar, o índice de infecção é praticamente nulo. E o paciente pode retornar rapidamente às atividades normais diárias.

Como funciona esse tipo de cirurgia na prática?

O nome cientifico, discectomia percutânea pode soar um pouco complicado, mas a técnica é rápida e seus resultados são de extremo sucesso. A discectomia automatizada é feita com anestesia local, o paciente fica acordado ou com sedação leve, deitado de costas para cima. Após o procedimento, o paciente tem as atividades restringidas apenas nas primeiras 24 horas e pode voltar às atividades cotidianas a partir do segundo dia e ao trabalho, desde que não exija esforço físico, em 48 a 72 horas após a cirurgia.

É importante lembrar que a discectomia percutânea não é indicada para todos os tipos de doenças da coluna, mesmo aquelas com sugestão de cirurgia. Sempre que tiver dúvidas, consulte sempre seu médico.

 

Médico neurocirurgião especialista em tratamentos da coluna vertebral, é membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Academia Brasileira de Neurocirurgia e Sociedade Brasileira de Coluna, bem como da North American Spine Society e Spinal Artroplasty Society.


Leia também


3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
marcos antonio trinidadDaniel Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback
Médico da Vertebrata participa de congressos sobre cirurgia da coluna

[…] Simpósio Avançado AOSpine ocorre entre os dias 25 e 26 de julho em Buenos Aires, na Argentina. Entre os temas que serão […]

Daniel
Visitante
Daniel

Fiz esse procedimento já tem uma semana. Meu médico não recomendou fazer atividade física. Não posso mesmo fazer academia?

marcos antonio trinidad
Visitante
marcos antonio trinidad

boa tarde gostaria de saber o valor de uma cirurgia desta em que a cartilagem encosta no nervo ciatico e estou assim ja a quase dois anos sem jogar bola andar be byke eskate o unico remedio que me alivia e o alginac mas vou tomar ele ate quando