A relação entre a espondilite anquilosante e as dores na coluna

1 de junho de 2016 | 1 comentário | Categoria(s): Espondilite Anquilosante, tratamento dor nas costas

espondilite anquilosante

O diagnóstico da espondilite anquilosante, doença inflamatória crônica, pode ser demorado, por isso é importante ficar atento aos sintomas.

Dentre as diversas origens das tão comuns dores nas costas, a espondilite anquilosante é uma das menos popularmente conhecidas. A doença reumática, caracterizada pela inflamação das articulações da coluna e de ombros, quadris e membros inferiores, começa a apresentar os seus sintomas entre os 20 e 40 anos de idade.

Apesar das causas não serem esclarecidas para o seu desenvolvimento, ela tem uma prevalência três vezes maior entre os homens em relação às mulheres, e um fator genético pode estar associado a ele. Dentre os indivíduos que têm o marcador genético HLA-B27, 20% podem vir a desenvolver a doença por apresentarem uma maior predisposição.

Os reflexos da espondilite anquilosante na coluna dos pacientes

Com a inflamação das articulações, os discos vão se juntando, provocando as dores de coluna, que são diferentes daquelas originárias de processos mecânicos. No caso da espondilite, as dores pioram com o repouso e são acompanhadas de uma rigidez articular, tanto que o paciente sente a necessidade de, durante a noite, se levantar para aliviar o incômodo.

Outro sintoma associado a essa doença é a persistência da dor na coluna por mais de um mês, e que surge de forma lenta, acompanhada de uma rigidez matinal, que, durante o dia, diminui de intensidade. Os primeiros episódios de dor podem iniciar na região das nádegas, com um lado mais forte do que o outro, irradiando pela parte inferior da coluna e posterior das coxas.

Na região das costelas, a inflamação das articulações entre elas e a coluna podem causar dor irradiada para o peito, com apresentação de piora no caso de respiração profunda causada pela diminuição da expansibilidade do tórax. Além desses sintomas, pacientes com espondilite anquilosante apresentam artrite e entesites, mais comuns no calcanhar e cotovelos, e relatam quadros de cansaço, perda de apetite e peso.

O diagnóstico e tratamento da espondilite anquilosante

tratamento espondilite anquilosante

O grande desafio para o diagnóstico dessa doença, que pode demorar até mais de cinco anos para ser fechado, é identificar quando as dores de coluna passam a ser crônicas, já que uma das características dos primeiros sintomas são os surtos de branda intensidade.

Ele é feito com um exame físico adequado e o histórico das dores nas costas que pioram com o repouso e apresentam melhora com a movimentação do paciente. Além disso, exames de sangue, bem como os de imagem, ajudam no diagnóstico, e a ressonância magnética pode ser definitiva para identificar os quadros mais precoces da doença.

A espondilite anquilosante não tem cura, por isso o tratamento visa reduzir o desconforto do paciente e retardar o desenvolvimento das deformidades na coluna. Ele conta com uma abordagem multidisciplinar, envolvendo a fisioterapia, a indicação da prática de exercícios físicos para o fortalecimento da musculatura, que passa a absorver o impacto e alivia as articulações, e a administração de fármacos, como antiinflamatórios e agentes imunobiológicos.

Por isso, se você sente dores constantes, e associa os sintomas que descrevemos até aqui com os seus, é hora de procurar ajuda profissional para uma correta avaliação do seu quadro e garantia do seu bem-estar.

A espondilite anquilosante, assim como outras doenças inflamatórias, é controlável, e o diagnóstico precoce é essencial para a melhora da qualidade de vida do paciente.

Médico neurocirurgião especialista em tratamentos da coluna vertebral, é membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Academia Brasileira de Neurocirurgia e Sociedade Brasileira de Coluna, bem como da North American Spine Society e Spinal Artroplasty Society.


Leia também


1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Donizety Aparecido Ferreira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Donizety Aparecido Ferreira
Visitante
Donizety Aparecido Ferreira

tenho todos estes sintomas, mas estou me tratando com ortopedista que diante de exames de ressonância magnética da coluna lombar e cervical, diz que tenho espondiloartrose e hernias e mais tantas outras coisas. sinto dores no corpo todo, estou perdendo as forcas dos membros superiores e inferiores, ando com ajuda de uma muleta do lado esquerdo, e uma medica reumatologista me diagnosticou ter fibromialgia ha 4 anos. marquei uma consulta com reumatologista. vamos ver o que vai dar.