Mitos e verdades sobre a dor na coluna lombar

15 de julho de 2014 | sem comentário | Categoria(s): coluna lombar, dores nas costas

A dor na coluna lombar é um problema cada vez mais comum.

Segundo a Organização Mundial da Sáude, 85% da população mundial sofre ou ainda vai sentir dor na coluna causada principalmente pela má postura, excesso de peso e sedentarismo.

A região lombar é a parte mais baixa da coluna e fica perto da bacia. Chamada também de lombalgia, a dor na coluna lombar ocorre na parte inferior da coluna. A dor lombar é um dos maiores motivos de visita ao médico, principalmente depois dos 60 anos.

dor na coluna lombarComo surge a dor na coluna lombar

Apesar da maioria das causas serem originadas devido a problemas de coluna, dores na região podem ser confundidas com dores abdominais ou pélvicas. A principal causa é a degeneração do disco invertebral, uma estrutura que fica localizada entre as vértebras da coluna vertebral e funciona como “amortecedor” da carga que ela recebe diariamente, garantindo a boa mobilidade da coluna.

Embora sejam comuns, as dores na coluna lombar ainda são cercadas por alguns mitos, que listamos aqui e explicamos melhor para você.

– Uma das principais causas da dor na coluna lombar é o excesso de peso.

VERDADE. Por aumentar a pressão na região, o sobrepeso pode originar a dor nas costas, sobrecarregando músculos e articulações, embora nem sempre possa ser considerado um fator conclusivo.

– A lombalgia pode atingir as pernas, além da região lombar.

VERDADE. Como nosso corpo todo é todo interligado, isso pode acontecer. Toda a inervação sensitiva e motora dos membros inferiores nasce no plexo lombosacral, na região lombar.

– Nem sempre o exame clínico é suficiente para o diagnóstico da dor lombar.

PARCIALMENTE VERDADE. O exame clínico é fundamental para saber o que está acontecendo e é a base de qualquer diagnóstico, mas não dispensa exames de raio-x, tomografias ou ressonâncias magnéticas, que devem ser solicitados de acordo com a orientação médica.

– Muitas vezes, a dor na coluna lombar sinaliza outros problemas de saúde.

VERDADE. A dor nas costas costuma ter origem variada, como no aparelho urinário ou no sistema reprodutor. Há quem considere a lombalgia não uma doença, e sim um sintoma, que aponta desde disfunções na musculatura da coluna até enfermidades sérias. Se a dor persistir por mais de três dias, é importante procurar um médico.

– Há dois tipos de lombalgia: a aguda e a crônica.

VERDADE. A forma aguda é o famoso “mau jeito”, pois a dor é forte e aparece subitamente depois de um esforço físico. A dor crônica acomete principalmente pessoas mais velhas, com dor não tão intensa porém quase permanente.

dor na coluna lombar computador– Ficar muitas horas sentado, em frente ao computador, pode desencadear dor lombar.

VERDADE. Ficar muito tempo na mesma posição, mesmo que com a postura adequada, pode causar dor na coluna lombar. Por isso, é recomendado intercalar períodos de trabalho com pequenas caminhadas e alongamentos.

– É possível tratar a dor e resolver o problema em poucos meses.

MITO. O tratamento geralmente envolve diferentes áreas e mudanças de hábito, dependendo muito da vontade do próprio paciente. Para encontrar a solução, é necessário avaliar o problema específico de cada pessoa e a partir daí encontrar o tratamento indicado, que vai desde fisioterapia e exercícios físicos até cirurgia.

– Na fase aguda, o exercício físico não é indicado.

VERDADE. Durante uma crise de dor, o melhor a fazer é repousar. Uma boa posição é deitar de lado, em posição fetal, com as pernas encolhidas.

– É possível prevenir a lombalgia com cuidados simples no dia a dia.

VERDADE. A principal delas é a correção postural, mas várias outras atitudes ajudam: evitar carregar peso; não permanecer curvado por muito tempo; quando se abaixar, flexionar os joelhos sem dobrar a coluna; evitar colchão mole ou duro demais, principalmente pessoas muito magras; prestar atenção na postura em todas as situações, como ao dirigir automóvel, por exemplo; manter um bom alongamento muscular, especialmente das pernas; para quem trabalha em pé, tomar todo o cuidado com a coluna; ao fazer exercício com peso, proteger as costas deitando ou sentando com apoio.

– A atividade física é um dos melhores tratamentos para o distúrbio.

VERDADE. Indivíduos que realizam atividade física de forma regular e controlada, com bom volume de massa e alongamento muscular, apresentam risco menor de desenvolver quadro de dor nas costas. As modalidades mais indicadas são as de baixo impacto, como caminhada, hidroginástica, natação, alongamento e abdominais.

atividade fisica evita dor na coluna lombar– A disfunção acomete mais os idosos.

MITO. Cada vez mais, crianças, jovens e adultos têm sofrido com o problema, apresentando intensidades diferentes, especialmente pessoas que passam muito tempo em frente ao computador, sentadas de maneira incorreta.

– Dormir em colchão duro evita a dor nas costas.

MITO. O recomendável é escolher um modelo adequado ao peso e a altura, firma mas não rígido, que acomode as costas de forma apropriada.

– Salto alto é prejudicial à coluna e pode causar dor.

VERDADE. Sapatos com salto alto exigem maior esforço da coluna para manter o equilíbrio. Paradoxalmente, sapatos sem salto algum também provocam dor na coluna lombar por exigirem trabalho extra dos músculos das pernas. O ideal é utilizar sapatos com salto de até 4 cm.

– Dores por mais de três meses na coluna lombar já são consideradas crônicas.

MITO. Para ser crônica, a dor precisa ocorrer por mais de seis meses, sem melhora com o tratamento.

 

Para evitar problemas e dores recorrentes saiba mais sobre o funcionamento da coluna lombar.


Leia também

  • Dor na coluna? Pode ser lombalgia!Dor na coluna? Pode ser lombalgia! A dor lombar ou Lombalgia é uma causa significativa de incapacitação em todo o mundo. Existem várias causas das dores na parte inferior das costas. A principal delas é a degeneração do […]
  • Quando a dor na coluna lombar pode indicar um problema mais graveQuando a dor na coluna lombar pode indicar um problema mais grave Lombalgia é considerada um sintoma, e pode estar associada a problemas na coluna lombar ou mesmo patologias mais graves A sensação de dor na região da coluna lombar, também chamada de […]
  • Previna-se das principais doenças na colunaPrevina-se das principais doenças na coluna A clínica ortopédica Vertebrata, vem há anos tratando seus pacientes para as mais diversas doenças na coluna existentes. Saiba quais são as principais doenças na coluna para você […]
  • Conheça as principais doenças da colunaConheça as principais doenças da coluna Prolemas de saúde como dores nas costas derrubam qualquer pessoa. Conheça algumas principais doenças da coluna. Além da dor, problemas de coluna atrapalham muito as nossas atividades […]
  • Lordose: por dentro do problemaLordose: por dentro do problema Segundo o ministério da saúde, a hiperlordose atinge mais da metade da população brasileira, em todas as idades.Lordose é o nome que se dá à curvatura normal da coluna espinhal. […]
  • Lesão na coluna do jogador Neymar é mais comum do que você pensaLesão na coluna do jogador Neymar é mais comum do que você pensa O Brasil inteiro está acompanhando de perto os desdobramentos da lesão que o jogador Neymar sofreu durante o jogo do Brasil contra a Colômbia e que o tirou da Copa do Mundo. Mas além da […]

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz