Lordose e Hiperlordose

25 fev

A coluna vertebral possui curvaturas por toda sua extensão, desde a região cervical até a sacrococcígea. Nas regiões cervical e lombar, essa curvatura é chamada de lordose, adquirida a medida em que o indivíduo assume a postura ereta.

A lordose passa a ser considerada uma deformação quando atinge um ângulo superior a 60° na coluna cervical ou está entre 40° e 60° na coluna lombar, passando a chamar-se hiperlordose, que pode estar associada a uma anteversão pélvica, no caso da lombar, ou uma proeminência da cabeça, na cervical.

Sintomas da hiperlordose

Os sintomas da hiperlordose lombar são:

  • dor no fundo das costas;
  • aumento da curvatura da coluna no fundo das costas;
  • fraqueza dos músculos abdominais;
  • abdomen globoso e anteriorizado;
  • pode haver flacidez abdominal e celulite também nos glúteos devido a diminuição do retorno venoso e linfático.

Os sintomas da hiperlordose cervical são:

  • dor no pescoço;
  • aumento da curvatura da coluna na região do pescoço, deixando o nariz mais “empinado”
  • hipercifose;
  • hipertrofia dos músculos posteriores do pescoço;
  • fraqueza dos músculos anteriores do pescoço.

Causas da hiperlordose

A hiperlordose pode ser causada por:

  • deformidade genética;
  • má postura;
  • gravidez;
  • obesidade;
  • fraqueza de determinados grupos musculares;
  • espondilolistese: escorregamento das vértebras;
  • hérnias de disco, quando adota-se esta postura para evitar a dor;
  • movimentos repetitivos;
  • lesão relacionada ou trabalho, como por exemplo os trabalhos braçais que exigem muita força;
  • alterações na articulação têmporo-mandibular.

Tratamento Não Cirúrgico

As medidas do tratamento conservador não cirúrgico incluem:
1. Medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios.
2. Fisioterapia para permitir que o paciente desenvolva força, flexibilidade e aumente o alcance do movimento. O terapeuta pode indicar um programa de exercícios personalizado para ser realizado em casa.
3. Coletes podem ser usados para controlar a evolução da curva em adolescentes.
4. Redução do peso corporal ao nível ideal.
5. A cirurgia pode ser indicada se a curva lordótica for grave com envolvimento neurológico.

Cirurgia da Coluna

A intervenção cirúrgica é indicada se a curva lordótica for grave, quando existe envolvimento neurológico, ou se o tratamento conservador não cirúrgico não foi satisfatório para proporcionar um alívio. Um cirurgião da coluna decide qual procedimento cirúrgico e qual abordagem (anterior/posterior, frente ou costas) será melhor para o paciente. Suas decisões são baseadas no histórico médico do paciente, sintomas e achados radiográficos. São utilizadas diversas opções de tratamentos cirúrgicos. Você deve discutir o que é melhor para sua condição com seu cirurgião.

Se você suspeita estar com osteoporose e está precisando de um atendimento médico ou um tratamento para hiperlordose, acesse agora mesmo o site da Vertebrata, clinica ortopédica em Porto Alegre.

Leia também

Trackbacks and Pingbacks

  1. Como evitar problemas na coluna. Dicas de postura - 28 de outubro de 2013

    […] Diversas doenças podem ser evitadas por pessoas que mantenham uma boa postura, entre elas a Cifose, a Lordose e a Hiperlordose. […]

Deixe seu comentário