Estudo mostra a relação genética com o surgimento de problemas na coluna

10 de maio de 2021 | sem comentário | Categoria(s): coluna vertebral

Dores nas costasCom o crescimento de atividades na rotina das pessoas, tornou-se comum ouvir:  ”ai, que dor nas costas!’’ fazendo ligação a algum tipo de atividade realizada no dia anterior. Contudo, um estudo realizado pela Universidade de Utah(EUA), mostrou que existe a relação genética com o desenvolvimento de dores nas costas durante a vida. A pesquisa apontou que a ação de dois genes com proteínas ligadas à hérnia de discos e ciática. Com os dados levantados pela pesquisa que foi feita com 1 milhão de habitantes da cidade americana de Utah, fica caracterizado, segundo os pesquisadores, que o tipo de atividade exercida pelo indivíduo ou os exercícios físicos não são fatores isolados no surgimento de doenças na coluna e que diante de um histórico familiar onde se tem pessoas com diagnósticos de patologias crônicas nessa região do corpo, mostra-se necessária medidas de prevenção para adiar ou até mesmo anular as chances de surgimento de doenças.

 Veja os tipos mais comuns de dores nas costas

 Lombalgia

A lombalgia é uma das principais causas de afastamento do trabalho. O problema é caracterizado pela dor no final da coluna. Por ser uma região cercada por nervos e músculos, que sofre com esse problema é bastante impactado na realização de outras atividades do dia a dia também. Pessoas com histórico genético dessa doença deve ter um cuidado maior com o estilo de vida que levam. Manter uma boa postura durante suas atividades cotidianas combinando com exercícios físicos e uma boa alimentação pode ser bons aliados para inibir o surgimento desse mal.

Cervicalgia

A cervicalgia é uma dor na cervical, parte superior das costas. Essa dor pode ser desenvolvida em qualquer idade, sendo notórios em adultos e idosos. Um dos principais motivos da dor é o distúrbio no sistema musculoesquelético gerado por contração muscular, artrite, hérnia de disco, entre outros.

 Lordose

É causada por alterações na curvatura da coluna. Entre os motivos do desenvolvimento da doença está a forte ligação ao histórico genético e alterações musculares. Além desses, o excesso de peso também pode contribuir com o surgimento da doença. Em 2012, um fato interessante ocorreu com o ex-jogador de futebol, Douglas dos Santos, na ocasião, defendendo as cores do Grêmio. Após o período de festas de fim de ano, o atleta se apresentou e os “corneteiros” reclamaram que o jogador estava com a barriga saliente, contudo após o fato, o preparador físico do clube, Paulo Paixão, relatou sobre o problema físico do atleta que sofre com lordose e que por isso apresentava uma barriga “saliente’’.

Torcicolo

O desenvolvimento desse do problema muitas das vezes está ligado ao mau posicionamento do corpo durante o sono. Em alguns casos a dor surgi após um movimento muito rápido com a cabeça. Para auxiliar no tratamento da dor a compressa de água quente ou até mesmo um banho pode se mostrar eficiente. Embora seja uma dor considerada simples, a repetição do problema pode estar relacionado ao algum outro tipo de alteração na coluna, o que faz necessário a procura por um especialista para um diagnóstico detalhado.

Médico neurocirurgião especialista em tratamentos da coluna vertebral, é membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Academia Brasileira de Neurocirurgia e Sociedade Brasileira de Coluna, bem como da North American Spine Society e Spinal Artroplasty Society.


Leia também