Sobrecarga nas articulações pode causar Bico de Papagaio

4 de dezembro de 2019 | sem comentário | Categoria(s): coluna vertebral

Os osteófitos, popularmente conhecidos como bicos de papagaios, são projeções ósseas que surgem nas vértebras da coluna vertebral. Eles surgem como consequência da desidratação do disco intervertebral, como se fosse uma defesa do organismo para absorver a sobrecarga nas articulações e estabilizar a coluna vertebral. Essas extensões causam fortes dores nas costas e formigamento nas pernas ou braços.

Osteofitose é o termo utilizado para definir o problema. No entanto recebe o “apelido”  de bico de papagaio porque os osteófitos possuem um formato que se assemelha ao bico do pássaro.

O problema não tem cura, e pode evoluir com o passar dos anos sem o tratamento adequado. Geralmente ocorre como resultado de osteoartrite ou alguma outra doença que cause desgaste da cartilagem. Mas há outros fatores que podem ser favoráveis para a condição. A formação desses esporões ósseos geralmente se manifesta após os 50 anos. Porém, as pessoas mais jovens também podem sofrer com o bico de papagaio.

Causas

Osteófitos podem surgir em qualquer osso, causados por sobrecargas ou doenças ósseas. Normalmente surgem nas articulações mais utilizadas, como joelhos, mãos, coluna e ombros. Um tipo frequente é o esporão calcâneo, produzido no calcanhar por projeção óssea anômala causada por microtraumatismos.

A causa mais comum de esporão ósseo é a osteoartrite, porque essa condição desgasta a cartilagem que amortece as extremidades dos ossos. Apesar de ter maior incidência em pessoas mais velhos, pode se manifestar em jovens que tenham sofrido lesões na articulação.

A cartilagem é um tecido flexível que conecta e amortece os ossos das articulações. Quando este tecido sofre desgaste, o corpo tenta repará-lo e, consequentemente, surge um novo material ósseo na forma de esporas.

No caso da coluna vertebral, os discos amortecem cada vértebra e sofrem desgaste, tornando-se finos com o tempo (degeneração do disco). Por isso a coluna é suscetível ao problema.

O desenvolvimento de osteófitos também pode ser influenciado por fatores como alimentação inadequada, problemas na estrutura óssea e má postura.

Sintomas

Os principais sintomas do bico de papagaio são dores fortes, limitação dos movimentos, formigamento, perda da força muscular, dos reflexos e da sensibilidade. Quando os osteófitos se formam nos joelhos, o paciente pode sentir dor ao esticar a perna. Se esta extensão óssea se formar no ombro, poderá causar dor e inchaço na área. Quando o problema ocorre na região do quadril, além da dor, pode limitar os movimentos.

No entanto, a área mais comum para esse crescimento ósseo é a coluna vertebral. Quando um osteófito se forma dentro de uma vértebra, a dor é tão intensa que causará dormência nas costas, braços e pernas.

Diagnóstico

Normalmente radiografias da coluna vertebral são suficientes para confirmar ou descartar a existência do bico de papagaio. Algumas vezes realizar exames complementares, como mielografia, tomografia computadorizada ou ressonância magnética, principalmente quando o quadro clínico indica que a degeneração pode estar afetando a medula espinhal.

Nesses casos é indicado também um exame neurológico para descobrir os possíveis danos.

Tratamento

Quando o disco intervetebral sofre desgaste, este dano é irreversível. Por isso, o tratamento para o problema é feito na base de analgésicos e anti-inflamatórios que ajudam a aliviar a dor e minimizar a sensação de desconforto. Porém o mais indicado é adotar hábitos que auxiliam na correção da postura. A prática de exercícios e fisioterapia podem ser escolhas boas escolhas para controlar o problema.

Prevenção

Alguns cuidados precisam ser observados no intuito de evitar o desenvolvimento da osteofitose: 

Evite o sobrepeso: a obesidade pode levar ao desgaste articular e provocar a calcificação das vértebras, o que causa bico de papagaio

Exercite-se: Os exercícios servem para fortalecer a musculatura. As atividades físicas de baixo impacto são as mais indicadas para prevenir a doença, como alongamentos e os exercícios feitos na água

Boa postura: são precisos alguns cuidados com a saúde da coluna vertebral. Sentar-se corretamente e ter mais atenção para se movimentar de modo adequado ajuda a evitar o problema.

–  Alimentação balanceada: A nossa alimentação impacta diretamente em nossa saúde e bem-estar. Uma dieta equilibrada auxilia no funcionamento do organismo, fortalece músculos e ossos, evita o sobrepeso e também combate o estresse.

Os bicos de papagaio levam muito tempo para se estabeleceram. Mas quando ocorrem, necessitam de cuidados para a vida inteira. Aos primeiros sintomas osteofitose, procure ajuda médica para conseguir ter o controle e o tratamento da problema.

 

Agência de Marketing Digital


Leia também


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of