Infiltração na coluna para alívio da dor: saiba mais sobre esse tratamento

28 de março de 2019 | sem comentário | Categoria(s): Artigos, coluna lombar, dor na coluna, Sem categoria

Para quem sofre de fortes dores nas costas, a infiltração na coluna pode ser o tratamento mais adequado

Seja por má postura, tensão, sedentarismo, excesso de peso ou ainda por problemas genéticos, no Brasil, a dor nas costas é uma das maiores queixas hospitalares. Segundo pesquisa realizada pelo Hospital das Clínicas de São Paulo, quatro em cada dez pessoas sofrem com esse tipo de problema. Além disso, dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) revelaram que, em 2016, cerca de 116 mil brasileiros foram afastados do trabalho devido a dores nas costas. Mas, com os frequentes avanços da medicina, hoje existem diversos tratamentos para a coluna, que ajudam a eliminar a dor.

Tipos de dores mais recorrentes e suas causas

Antes de discorrermos sobre os diversos meios de tratamentos para dores nas costas, é importante entender quais sãos os tipos mais recorrentes do problema e suas possíveis causas.

  • Dor cervical: dor localizada na região do pescoço, geralmente causada devido à má postura (posição de leitura, uso de computador/celular) ou ainda por tensão muscular.
  • Dor lombar: dor na região da coluna lombar, próximo da bacia, uma das mais frequentes na população. Pode ter como possíveis causas, problemas posturais, levantamento de peso em excesso ou inflamação da região.
  • Artrose: desgaste da cartilagem que reveste as articulações e causa atrito ósseo. Tem como origem o envelhecimento e o uso excessivo da cartilagem na absorção de impactos.
  • Hérnia de disco: ocorre quando o disco vertebral perde seu formato original e sai de sua composição, comprimindo nervos, o que pode causar dor ou dormência. A hérnia de disco surge devido ao desgaste do disco, por levantamento de peso em excesso ou predisposição genética.
  • Dor ciática: forte dor que se espalha pelo nervo ciático (começando próxima da coluna lombar e se espalhando pela perna), afetando a região. Pode acontecer devido à inflamação ou compressão do nervo.

Infiltração na coluna

Há diversos tratamentos para quem sofre de dores nas costas, mas cada um deles varia de acordo com o tipo da dor. Em casos considerados crônicos ou diante de problemas como lesões, uma das opções que têm mais efetividade no alívio dos sintomas é a infiltração na coluna.

Também conhecido como bloqueio, o método de infiltração nada mais é do que a aplicação de uma injeção para analgesia e tratamento direto no foco da dor. De eficácia comprovada (melhora de 70 a 80% dos casos), a infiltração na coluna é indicada para problemas como processos inflamatórios, dor na coluna cervical, torácica ou lombar, dor no ciático, artrose, entre outros. Além de resultar em alívio da dor, ajuda a devolver a mobilidade de quem sofre de problemas na coluna e é uma forma de identificar o ponto focal da possível inflamação, isso porque o procedimento é guiado por imagem (tomografia ou ultrassom) para indicar o local exato da aplicação.

Tipos de infiltração e procedimento

Existem dois tipos de infiltração na coluna: o bloqueio facetário e a infiltração foraminal ou radicular. O bloqueio facetário se dá pela aplicação de medicamentos na região em que passam os nervos conhecidos como ramos mediais dorsais (localizados em pequenas articulações na parte de trás da coluna). Já a infiltração foraminal ocorre por meio da aplicação dos remédios na região da coluna denominada forâme intervertebral (espaço por onde passam os nervos que irradiam para pernas ou braços).

Geralmente, durante a infiltração na coluna (leva de 40 a 90 minutos) são aplicados medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios (derivados de cortisona) no tecido afetado, que pode ser um nervo, uma articulação ou um tendão inflamado, por exemplo. Há casos em que são feitas aplicações de ácido hialurônico, como forma de criar uma película protetora para alívio da dor e também atrasar a progressão de doenças como a osteoartrite.

A infiltração na coluna é indolor. Para a aplicação é utilizada a anestesia local. Logo após o procedimento, o paciente fica cerca de trinta minutos em observação e depois tem alta para voltar para casa. Dependendo da gravidade da dor pré-infiltração, pode ser recomendado o repouso para o dia seguinte ao tratamento.

Resultado da infiltração na coluna e contraindicações

Com efeito muitas vezes prolongado (pode durar de semanas a meses), o principal resultado de uma infiltração na coluna é a melhora da dor/ irritação do tecido afetado.  A ação dos medicamentos aplicados leva cerca de cinco dias, após o procedimento, para surtir efeito. A técnica da infiltração na coluna ou em qualquer parte do corpo não deve ser realizada mais do que três vezes ao ano em um mesmo tecido. O procedimento não é recomendado para gestantes, pessoas com úlceras estomacais, diabetes, reações alérgicas ao medicamento, problema de coagulação, problemas neurológicos, pessoas com inflamações ou processos infecciosos na região em que a infiltração será realizada ou ainda com ruptura dos tendões.

Outras formas de aliviar a dor na coluna

Além do método de infiltração na coluna, há diversas outras formas de tratar e aliviar dores nas costas como por meio de acupuntura, radiofrequência, fisioterapia, RPG, alongamentos, massagem, exercício físico e medicamentos. O tratamento é algo que varia de acordo com o tipo e a causa da dor e somente um médico especializado em coluna pode diagnosticá-lo. Ao apresentar qualquer sintoma, não deixe de buscar auxílio de seu médico para que o mesmo direcione a melhor terapia. E lembre-se: a prevenção ainda é o melhor remédio.

Médico neurocirurgião especialista em tratamentos da coluna vertebral, é membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Academia Brasileira de Neurocirurgia e Sociedade Brasileira de Coluna, bem como da North American Spine Society e Spinal Artroplasty Society.


Leia também


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of