Guia da coluna: entenda os principais termos

6 de março de 2020 | sem comentário | Categoria(s): coluna cervical, dor na coluna, dor no corpo, tratamento dor nas costas, vertebrata

A coluna vertebral é uma das partes mais importantes do nosso corpo. É o que nos equilibra, dá sustentação e aguenta todas as pressões do dia a dia: má postura, sobrecarga de peso, esforços repetitivos, etc.

Sua importância é proporcional a sua fragilidade. Composta por diversas vértebras e articulações, a coluna precisa de atenção constante para evitar lesões graves, que podem, inclusive, causar incapacidade.

A informação é uma das principais aliadas da nossa saúde, por isso, elaboramos um guia com os principais termos ligados à coluna para tirar as suas dúvidas e deixar você menos perdido na hora da consulta. Afinal, nada substitui um atendimento com um médico especialista em coluna.

Confira abaixo o nosso guia da coluna!

Anatomia da coluna

Coluna vertebral: Também chamada de espinha dorsal, ela é composta por tecido conjuntivo e ossos. Ao total, são 24 vértebras (7 cervicais, 12 torácicas e 5 lombares). A coluna vertebral corresponde a dois quintos do nosso peso corporal total.

Vértebras cervicais: As vértebras cervicais ficam localizadas no começo da coluna, a partir do pescoço e são nomeadas de C1 até C7.

Vértebras torácicas: As vértebras torácicas ficam localizadas no meio da coluna, abaixo da cervical e são nomeadas de T1 até T12. Essa região também é chamada de dorsal.

Vértebras lombares: As vértebras lombares ficam localizadas abaixo das torácicas e são nomeadas de L1 até L5.

Sacro: O sacro fica abaixo da lombar, na região da pélvis e suas vértebras são nomeadas de S1 até S5.

Cóccix: Por fim, abaixo do sacro, fica o cóccix, composto por cerca de 4 vértebras.

Medula espinhal: A medula espinhal é responsável por conduzir os impulsos do cérebro para todas as partes do corpo. Juntos, eles compõem o Sistema Nervoso Central (SNC). Sabe quando o médico bate com o martelo no joelho para avaliar o reflexo? É o SNC trabalhando!

Nervos: Os nervos fazem parte do Sistema Nervoso Periférico (SNP) e têm como função realizar a ligação do Sistema Nervoso Central com os órgãos do nosso corpo.

Músculos: Os músculos são os tecidos responsáveis por dar movimento e força ao esqueleto. São ligados aos ossos através dos tendões.

Ligamentos: Os ligamentos são fixados aos ossos com o objetivo de dar estabilidade e firmeza para as articulações e são constituídos, principalmente, de colágeno.

Articulações: As articulações conectam dois ou mais ossos e podem ser móveis ou imóveis. As articulações móveis, como o joelho e a própria coluna vertebral, possuem cartilagem e líquido lubrificante.

Disco intervertebral: O disco intervertebral fica localizado entre as vértebras da coluna e é constituído por um anel fibroso (composto por cartilagem) e um núcleo pulposo (composto por ácido hialurônico). Sua principal função é absorver os impactos e distribuir o peso que a coluna recebe todos os dias.

Atlas: É a primeira vértebra da coluna cervical, também chamada de C1.

Axis: É a segunda vértebra da coluna cervical, também chamada de C2.

Doenças mais comuns

Osteoporose: Doença caracterizada pela queda na densidade dos ossos, o que aumenta o risco de fraturas e dores na coluna por fraturas nas vértebras.

Hérnia de disco: Sabe o disco intervertebral que nós já falamos? Quando o núcleo dele vaza para fora do disco, por conta de desgastes ou fissuras, causa uma hérnia, gerando as dores na coluna.

Lombalgia: É chamada de lombalgia a dor na região lombar inferior da coluna. Quando ela irradia para as nádegas ou pernas, é chamada de lombociatalgia.

Dor facetária: Doença causada pelo desgaste de uma pequena articulação localizada na coluna, chamada faceta. Também chamada de artrose da articulação facetária, artropatia facetária ou espondilose.

Espondilolistese: Quando o desgaste da faceta se agrava, as vértebras começam a deslizar umas sobre as outras, podendo causar, além da dor na coluna, dor nas pernas, formigamento, perda de força e coordenação e incapacidade de andar.

Estenose do canal vertebral: É um estreitamento do canal por onde passa a medula espinhal e os nervos dentro da coluna. Na maioria dos casos, a doença é degenerativa, causada em função da idade avançada e afeta, principalmente, no pescoço e na região lombar.

Sacroileíte: Inflamação das articulações na região do sacro, causando dores que podem ser irradiadas para a lombar, virilha, pés e pernas.

Espondilite anquilosante: Doença crônica resultante da inflamação das articulações do esqueleto axial, que é composto pelos ossos da cabeça, tórax e coluna. Se não tratada devidamente, pode deixar a pessoa incapacitada.

Hipercifose: É a famosa corcunda. Corresponde ao aumento da curvatura das vértebras da região torácica/dorsal e da região pélvica/sacro.

Hiperlordose: É quando a curvatura da cervical e da lombar está aumentada, dando aquela impressão de “bumbum arrebitado”.

Escoliose: Ao contrário da hipercifose e da hiperlordose, a escoliose é uma alteração na curvatura lateral da coluna, sendo visível ao olhar uma pessoa de frente ou de costas.

Aqui na Vertebrata, você conta com a experiência de mais de 30 anos do Dr. Ailton Moraes para fazer uma avaliação completa e um tratamento minimamente invasivo para a reabilitação da sua coluna.

Quer saber mais? Marque uma consulta!

Agência de Marketing Digital


Leia também

  • Escolha o sapato correto para evitar dores na colunaEscolha o sapato correto para evitar dores na coluna Os pés são a nossa sustentação. Eles suportam todo o peso do nosso corpo e são responsáveis pelo nosso deslocamento no dia a dia. Uma pisada inadequada durante todo o dia, por exemplo, […]
  • Cuidados com a coluna nas tarefas domésticasCuidados com a coluna nas tarefas domésticas Tão importante quanto a nossa postura durante o expediente de trabalho, é a postura para a realização das tarefas domésticas, que costumam ser tão repetitivas quanto. Especialmente, para […]
  • Posso ficar corcunda?Posso ficar corcunda? A resposta para a pergunta do título é: Sim! Mas, não se preocupe, que nós vamos falar sobre como prevenir e, se necessário, tratar essa doença, chamada de hipercifose. Ela consiste em um […]
  • 6 dicas para aliviar dores nas costas durante a gravidez6 dicas para aliviar dores nas costas durante a gravidez A gravidez é um momento mágico para muitas mulheres, porém, a medida que a barriga vai crescendo, os movimentos vão ficando mais difíceis e logo surgem as dores nas costas.Com certeza […]
  • 11 dicas para cuidar da coluna no trânsito11 dicas para cuidar da coluna no trânsito Você sabia que os brasileiros passam cerca de 32 dias do ano apenas no trânsito? É muito tempo gasto dirigindo, pilotando, sentado ou em pé se deslocando, principalmente, para o trabalho […]
  • Alongamento para coluna é um bom tratamento para dores nas costasAlongamento para coluna é um bom tratamento para dores nas costas  Alongamento para coluna diminui as dores nas costas. Olá amigos , e nessa sexta-feira gelada a dica do dia é Alongue-se !! \o/ Durante uma crise de dor nas costas, a última […]

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of